Luan Santana - REFLETINDO MÁGOA Letra

REFLETINDO MÁGOA - Luan Santana Letra Eu tô em frente ao espelho Encarando um covarde Que morre de medo Da sua liberdade Pega essa von

REFLETINDO MÁGOA - Luan Santana Letra

Eu tô em frente ao espelho
Encarando um covarde
Que morre de medo
Da sua liberdade

Pega essa vontade de voltar pra ela,
transforma em coragem
Entra dentro do seu
carro e roda essa cidade
Explore as possibilidades

O máximo que pode acontecer
É você não voltar pra casa
emendar balada em balada
E entre bocas e ciladas
acordar de ressaca

Com a boca amarga
Roupas jogadas
Lembrar de nada

O que pode acontecer
É você não voltar pra casa, emendar balada em balada
E entre bocas e ciladas acordar de ressaca

Com a boca amarga
Roupas jogadas
E não ficar no espelho refletindo mágoas